Blog

Designer autônomo, ser ou não ser

Vale a pena ser um designer gráfico ou web designer autônomo?

Essa é uma pergunta difícil e depende muito da sua aptidão e formação no design mas também na sua capacidade de se relacionar com seus clientes de forma profissional e honesta. Eu pessoalmente nunca fiz faculdade de design gráfico ou design de produtos e muito menos algo ligado a programação e desenvolvimento de websites. O mais longe que fui no que podemos considerar um estudo formal, foi um curso técnico de design gráfico onde a maioria dos conceitos e ideias eu já conhecia através de livros e pesquisas online.

Desde que posso me lembrar, sempre gostei de arte, desenho, gráficos, fotografia, e essa é a parte da aptidão que citei a cima. Se você quer ser um designer gráfico ou web designer apenas pelo dinheiro, primeiramente, você vai se decepcionar por quê não dá tanta grana assim, e segundo, eu pessoalmente acho muito difícil uma pessoa desenvolver um trabalho de qualidade sendo que ela não tem intimidade e desejo no que está desenvolvendo.

Se você se sente confortável com suas habilidades e é satisfeito com o que desenvolve, não vejo por que não tentar trabalhar como autônomo. Vai aprender muito correndo atrás de clientes que na maioria das vezes nem entendem o que é design. Logicamente você que está lendo já sabe que o começo é difícil, mas se você for uma pessoa sociável e de muitos contatos, isso pode facilitar bastante seu trabalho, sendo que não vai precisar se esforçar tanto para achar novos projetos. No começo eu até tentei abordar clientes de porta em porta, o que naquela época não resultou em nada, e como a grana era curta, cheguei até passar vergonha entregando cartões de visita para empresas de varejo que tinham cartões bem melhores que o meu. Como você vai até uma empresa vender design sendo que sua apresentação é inferior a dela? Depois disso nunca mais abordei clientes dessa forma para não ser pego por essas surpresinhas do universo. Não estou falando que abordar de porta em porta seja a forma errada de captar clientes, mas pelo menos para mim não funcionou. Não tenho a lábia, o papo, o poder de convencimento que esses vendedores por aí tem, e muito menos para vender design.

Nessa área, para se manter vivo no mercado, você vai precisar de muita paciência até estabelecer uma carta de clientes, que não estão fazendo trabalhos com você todos ao mesmo tempo, mas estão sempre te indicando para novos clientes. Claro que ter quatro, cinco, seis clientes fixos por mês é ótimo, mas depender apenas deles pode te desestruturar e também te faz ficar acomodado e preguiçoso. Seus clientes antigos sempre precisam de novos trabalhos e por incrível que pareça, se você não lembrá-los mandando um e-mail falando que você está vivo e na atividade, eles deixam de fazer um projeto ou fazem com outra pessoa que estiver ali na hora pronta para desenvolver. Quantas vezes já passei a metade do mês sem fazer nada mas quando resolvo mandar emails para clientes, eles aparecem com diversas necessidades. Hoje a maioria dos projetos que desenvolvo vem de indicações e o restante do mestre, oráculo, Google.

Sendo um autônomo na área de design gráfico e web design, significa que você vai estar a maioria do tempo sozinho e provavelmente em frente a um computador. Isso para mim não é um problema, mas se você gosta ou prefere estar em um ambiente criativo que você possa trocar ideias com outras pessoas, talvez ser autônomo na área de design gráfico ou web design não seja algo para você. Claro que não é sempre assim, você pode trabalhar com outro(s) autônomo(s), mas creio que a maioria trabalham sozinhos.

A única coisa negativa que posso pensar em ser um autônomo na área de design gráfico, web design e provavelmente em qualquer área, é a sua insegurança financeira caso algo aconteça. Você não tem nenhum benefício, nada de décimo terceiro. Cabe a você se organizar financeiramente para um imprevisto, e se você não tiver auto-disciplina, isso pode te causar muita dor de cabeça. Já vi outros blogs falando sobre o mesmo tema e encaram a questão de não ter carteira assinada e não ter como comprovar renda algo negativo e certamente é, mas hoje em dia um autônomo pode facilmente se cadastrar como profissional liberal e emitir nota fiscal, pagar INSS para aposentadoria e comprovar sua renda através de um DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos). Então lembre-se de poupar um pouco do seu rendimento para dias de chuva, e pesquise como fazer tudo dentro da lei da sua cidade.

Resumindo essa ópera, ser autônomo vale a pena? Sim, e muito! Desde que você tenha paciência e perceverança nas horas escuras e vazias (clichezão). Tenho um horário fixo mas posso alterá-lo quando quiser. Já tive meses de ganhar muito, de ganhar pouco e até de ganhar nada. Já fui processado e perdi (longa história, talvez em um outro post). Tenho clientes que nunca vi na minha vida e já fiz projetos para pessoas do outro lado do Atlântico.

Essas são algumas das experiências de um autônomo na área de design gráfico e web design, e ai, vai encarar? Deixe seu comentário abaixo.

Posts Relacionados

Comentários  

 
FirstDonette
#19 FirstDonette 13-10-2017 23:26
I see you don't monetize your site, don't waste your traffic, you can earn extra bucks
every month because you've got hi quality content. If you want to
know how to make extra $$$, search for: Mrdalekjd methods for $$$
Citar
 
 
cldisplay.com
#18 cldisplay.com 13-07-2017 01:27
This scares most companies ѕimply because they don't know how that's
done. Tһis is еspecially true for blog p᧐sts as well as main page content which is doing very well with the searcһ engineѕ.

This means that 70% of most cᥙstomers can now be reacheԁ whenever you want in the day, in almost any country inside the world, in any language.



Alѕo vіsit my webloց :: cldisplay.cоm: https://www.facebook.com/cldisplay
Citar
 
 
como emagrecer dieta
#17 como emagrecer dieta 17-06-2017 10:22
Muito energético blog , eu gostei que muito .
Haverá uma parte 2?
Citar
 
 
zamfoil.com
#16 zamfoil.com 15-06-2017 10:16
Mesmo não importa se alguém não saber depois disso seu até
outro visitantes que eles irão auxiliar, então aqui é
acontece .
Citar
 
 
Dino
#15 Dino 16-05-2017 03:13
Hi, Neat post. There is a problem along with your site in web explorer,
would test this? IE still is the marketplace leader and a big part of
other folks will omit your magnificent writing due to this
problem.
Citar
 
 
Trucos
#14 Trucos 24-03-2017 07:44
 Este videojuego me enloquece aunqque podria ser
mas grande

Hecha un ojo y navega por mi site; Trucos: http://zero-degree.com/__media__/js/netsoltrademark.php?d=trucoteca.com
Citar
 
 
Rafael Fideles
#13 Rafael Fideles 15-07-2016 01:45
Citando Luiz Rodrigues:
Fala Rafael, legal sua experiência. Eu tenho uma razoável experiência no Corel e já fiz cartazes, panfletos, folders, cartões de forma independente até mesmo a cobertura completa de eventos científicos de grande porte, mas tudo por estar nesse meio. Agora eu gostaria de abrir meus horizontes, mas não sei como alcançar novos clientes e isso tem me tirado um pouco a coragem. Tava pensando em criar uma marca minha e criar uma página própria, uma no facebook também. Não sei se há procura para trabalho de designer que só vende a arte final, portanto pensei em usar os serviços de uma gráfica online como por ex a ZAP para entregar produtos físicos aos meus clientes, mas não sei a relação custo benefício disso. Enfim, amo trabalhar com artes, mas tenho milhões de dúvidas em relação ao mercado que me desestimulam um pouco. Preciso de um direcionamento de alguém que já viveu isso, sabe onde conseguiria isso? Valeu, abraço!

Olá, desculpe a demora para responder. Estou trabalhando em um outro projeto e estou um tempo sem olhar o blog. Começar agora na área ta tenso cara, se conseguir um trampo fixo acho que seria melhor. As pessoas que estão abrindo empresas hoje em dia são "jovens" e conhecem as ferramentas gratuitas online (geralmente esses são clientes que procuram autônomos). Claro que não se compara a um serviço profissional, mas para quem está começando é uma grande vantagem não ter que gastar com Design, que pode ficar caro dependendo do projeto. Não sei se isso ajuda, mas boa sorte!
Citar
 
 
Luiz Rodrigues
#12 Luiz Rodrigues 06-06-2016 00:49
Fala Rafael, legal sua experiência. Eu tenho uma razoável experiência no Corel e já fiz cartazes, panfletos, folders, cartões de forma independente até mesmo a cobertura completa de eventos científicos de grande porte, mas tudo por estar nesse meio. Agora eu gostaria de abrir meus horizontes, mas não sei como alcançar novos clientes e isso tem me tirado um pouco a coragem. Tava pensando em criar uma marca minha e criar uma página própria, uma no facebook também. Não sei se há procura para trabalho de designer que só vende a arte final, portanto pensei em usar os serviços de uma gráfica online como por ex a ZAP para entregar produtos físicos aos meus clientes, mas não sei a relação custo benefício disso. Enfim, amo trabalhar com artes, mas tenho milhões de dúvidas em relação ao mercado que me desestimulam um pouco. Preciso de um direcionamento de alguém que já viveu isso, sabe onde conseguiria isso? Valeu, abraço!
Citar
 
 
REGINA MORAES
#11 REGINA MORAES 01-12-2015 13:29
Estou precisando contratar trabalho de freelance.
Você tem interesse?

Grata,
Regina Moraes
Citar
 
 
marcia
#10 marcia 25-11-2015 12:54
Olá obrigado pelas dicas neste blog, me ajudou muito abriu bastante a minha visão obrigado
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2017 iDesigns Studio. Todos Direitos Reservados.
Design Gráfico e Web Design - Centro, Vitória, ES