Blog Dicas de Design Gráfico

Calculadora

Como cobrar serviços de design

Todo mundo que trabalha com projetos de design já deve ter se perguntado qual o real valor de seus serviços. Todo freelancer, pequeno estúdio ou grande agência cobra: o que difere é quanto, como é feito e como é tratado com o cliente. E isso faz toda a diferença.

Prazos de pagamento

Não importa o tamanho do projeto, defina um fluxo de entrada de dinheiro ao longo do trabalho à medida que etapas forem concluídas e aprovadas pelo cliente - afinal, você tem despesas para realizar o serviço. Ninguém quer trabalhar por três meses sem receber nada até que o site vá ao ar. Sempre inclua uma agenda de pagamentos em sua proposta. Solicite uma porcentagem para o início dos trabalhos. Ela costuma ser entre 20% e 50%, mais próximo de 50% se for um novo cliente.

Fatores Importantes

Determinar quanto cobrar de seus clientes não pode ser um jogo de adivinhação. É importante olhar pelos seguintes fatores cuidadosa e honestamente para saber seu preço por hora ou dia

Seus custos

Você precisa considerar quanto gasta para tocar seu negócio. Isso pode ser sua linha ADSL, conta telefônica, celular, aluguel do escritório, seguro... É essencial que você tenha esses custos na ponta do lápis para considerar seu preço.

Horas trabalháveis

Clientes geralmente solicitam um relatório detalhado, às vezes com especificação das horas de trabalho do projeto. É importante estabelecer quantas horas ao dia você trabalhará nele. Se seu dia de trabalho é de 8 horas, não seja inocente de contabilizá-las no projeto. Mesmo que você não atenda o telefone, não tenha reuniões nem vá ao banco, dificilmente conseguirá 6 horas dedicadas ao projeto.

Lucro

Seu lucro é o que você ganha do cliente menos seus custos e impostos. Claro que lucro é importante, mas ainda mais é saber seu ponto de equilíbrio. Esse é o ponto de seu fluxo de caixa em que você deixa de perder e passa a ganhar dinheiro. Você deve estar sempre acima de ponto.

Crie uma margem

Quando estipular o tempo e custo necessários para um projeto, adicione uma margem de segurança. Esta margem é para proteger você e sua margem de lucro, mas também para proteger o cliente e seu projeto. Está lá para prevenir aqueles imprevistos que sempre acontecem. Se você tem requisitos estranhos, ou áreas mal explicadas no briefing, então esta margem deve ser aumentada levando isso em consideração. Depende de você deixar esta margem clara para o cliente ou não. Em caso positivo, explique bem o porquê.

Mercado

Esse é complicado. Você pode apostar que seus competidores não dirão quanto cobram, mas você pode perguntar. Quanto mais pesquisa e informação de mercado você tiver, melhor posicionado você estará para fazer seu preço.

Demanda

Seus serviços são solicitados? Você está sempre ocupado? Os clientes nunca questionam seus preços? Se você respondeu sim a todas as perguntas, há chances que você esteja cobrando pouco por seus serviços. Se a demanda é alta, em mercados saudáveis todo economista lhe dirá que seu preço é baixo. Aumente-os.

Quem é o cliente?

Esta é uma pergunta importante. Você pode não querer cobrar o mesmo de todos. Por exemplo, se você possui um cliente que é uma empresa internacional do ramo energético e outro que é uma pequena instituição de caridade, é perfeitamente razoável que os preços sejam distintos.

Prazo

É para ontem? Sim? Então o cliente deseja pagar um adicional de emergência? Se o cliente deseja pular para o primeiro na fila, então há um valor a cobrar por isso.

Fonte: Revista W, Ano 10, nº 113, pág: 70

Posts Relacionados

  • 9 famílias de ícones gratuitos para diversificar sua biblioteca de gráficos

    Todo designer precisa estar pronto para ir aonde quer que os seus projetos levem-no. Por isso, é grande a importância de se ter uma biblioteca diversificada, com tudo o que você possa contar. Para te ajudar nessa tarefa, temos alguns sets de ícones gratuitos e de muito estilo para compartilhar. De previsão do tempo a gastronomia e muito mais, você terá ícones novos e bonitos para utilizar no seu próximo projeto. Aproveite

  • Fotografe impressos para seu portfólio

    Greig Anderson, diretor de criação do Effektive,  mostra como fotografar seus projetos impressos com fidelidade.

Comentários  

 
Andrea Prima
#1 Andrea Prima 05-01-2015 16:48
Sobre registrar o tempo, convido para dar uma olhada nesses artigos:

Como faturar seus clientes a partir do registro da utilização do tempo: http://primaerp-pt.blogspot.cz/2014/12/como-utilizar-o-time-tracking-para.html

Como tirar proveito do registro da utilização do tempo - http://primaerp-pt.blogspot.cz/2014/12/5-maneiras-de-se-beneficiar-do-time.html

Foi escrito por um membro da minha equipe. Deselvolvemos um aplicativo para registro da utilização do tempo. Se quiser conhecer, vá a https://www.primaerp.com/pt_br/
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2017 iDesigns Studio. Todos Direitos Reservados.
Design Gráfico e Web Design - Centro, Vitória, ES